(27) 3227-6767 contato@cdmec.com.br

O grupo foi encaminhado para o Edifício Hélio Ferraz pela equipe da Vale e recepcionado com um Coffee Break.

Gustavo Belesa agradeceu a presença de todos e passou a palavra para o Especialista Luiz Ribeiro que apresentou a primeira grande entrega do TCA (Termo de Compromisso Ambiental) o NOVO SISTEMA DE CONTROLE ATMOSFÉRICO: CANHÕES DE NÉVOA.

O Canhão de Nevoa é uma solução inovadora, utilizando tecnologia moderna, para controlar a poeira com nevoa de água em áreas extensas, como pátios de estocagem de produtos, o mesmo tem por objetivo reduzir ao máximo as emissões de poeira nas operações da Unidade Tubarão, e consequentemente, a Influência da Vale na qualidade do ar da Grande Vitória. Seu alcance é de 150 metros e o acionamento pode ser feito de forma manual ou automática através dos seguintes fatores:

  • Velocidade do Vento (Maior que 5 km/h)
  • Radiação Solar (Maior do que 250 watts/m² após 15 min)
  • Direção do Vento (Vento Nordeste (0º a 90º)
  • Concentração de PTS – UG/M³ (Maior do que 50ug/m³)
  • Volume de chuva acumulado em 7 dias (Inferior a 1mm)

Considerando o maior investimento ambiental da Vale, de 1.2 bilhão, a implantação deste projeto faz parte de um termo assinado pela empresa com a sociedade capixaba, até o momento foram instalados 3 (três) Canhões, com previsão de instalação de novos até 2021.

O grupo foi direcionado para o Centro de Controle Ambiental também localizado no Edifício Hélio Ferraz que tem por objetivo o monitoramento 24h das emissões de particulados de todo o complexo de Tubarão.

Dando continuidade a visita técnica, o grupo realizou uma visita guiada pela Equipe da Vale mostrando o real funcionamento do Canhão de Névoa.